top of page

LEIA

19 de jan. de 2023

O protagonismo das torcidas organizadas nas manifestações políticas brasileiras em fotos

“Paz entre as torcidas, guerra aos senhores”: em mais uma prova de que futebol e política se misturam, torcidas organizadas se uniram nas ruas de São Paulo para protestar pela democracia.

por

Fernanda Lima

O ESTÁDIO MAIS H0STIL DO BRASIL SE CHAMA SÃO JANUÁRIO?
01:42
COMO ESSA TORCIDA INC3NDIOU O ESTÁDIO DO RIVAL
03:36
VOCÊ LEMBRA A HISTÓRIA DESSE TÍTULO QUASE IMPOSSÍVEL NA EURO?
04:14
POR QUE AINDA EXISTEM ESTADUAIS NO BRASIL
06:30
POR QUE ESSA ATITUDE DO KLOPP DEIXOU TODO MUNDO EMOCIONADO
03:52
ESSA TR3TA DO MESSI QUASE ACABOU COM UM SUPER TIME DO BARCELONA
04:06
QUE P#RRA TÁ ACONTECENDO COM A SELEÇÃO BRASILEIRA?
05:41
VOCÊ LEMBRA DESSAS TRETAS MARCANTES ENTRES IRMÃOS?
13:02
ESSAS SÃO AS VINGANÇAS MAIS ICÔNICAS DO FUTEBOL?
09:24
QUE P#RRA TÁ ACONTECENDO COM O SANTA CRUZ?
04:44
FOI ASSIM QUE ESSA TRANSMISSÃO ENGANOU DUAS TORCIDAS
04:37
É POR ISSO QUE O SÃO PAULO TÁ SENDO CHAMADO DE 'O MAIS POPULAR'
13:27

Tempos antes da eleição de Luiz Inácio Lula da Silva como presidente do Brasil, em outubro de 2022, o cenário político brasileiro já era puro caos. Com posições alinhadas à extrema-direita, o então presidente Jair Bolsonaro, vencedor das eleições de 2018, criou um verdadeiro exército que o apoia e repete, ininterruptamente, os seus argumentos sobre a necessidade de defender a religião, a família, a pátria e a liberdade da ameaça do comunismo que, segundo eles, será implantado no país pelo novo governo.


Em meio aos bloqueios de rodovias e acampamentos em frente aos quartéis do Exército em várias cidades, ameaças, tentativas de atentados a posse do novo presidente e invasão das sedes dos três poderes, em Brasília, um grupo específico se destacou e tem sido reconhecido nas redes sociais pelo seu enfrentamento e contenção dos atos terroristas: a polícia as torcidas organizadas de clubes de futebol.


Além de se juntarem e marcharem com suas bandeiras, em uma união histórica, nas manifestações contra as políticas de Jair Bolsonaro durante a pandemia, as torcidas organizadas de vários clubes, principalmente a Galoucura, do Atlético-MG e a Gaviões da Fiel, do Corinthians, desfizeram os bloqueios bolsonaristas nas rodovias e liberaram o trânsito para geral, chamando atenção pela organização e pela agilidade, duas características que se mostraram deficitárias nas polícias estaduais.


Historicamente marginalizadas e odiadas pelas polícias - e também por parte da população -, as torcidas organizadas escancaram as profundas relações do futebol com assuntos políticos (que tantos insistem em negar) e, pelo menos por enquanto e para muita gente, são as novas referências em enfrentamento a grupos autoritários. Nas manifestações de 09/01, um dia depois dos atos terroristas nas sedes dos três poderes, era grande a expectativa para a presença das torcidas nas ruas, e foi para ver isso de perto que o PELEJA, junto com o @fielnacena, colou na Paulista no protesto que rolou lá. Se liga nas melhores fotos:


@FIELNACENA

@FIELNACENA

@FIELNACENA


@FIELNACENA

@FIELNACENA

@FIELNACENA

@FIELNACENA

@FIELNACENA

@FIELNACENA

@FIELNACENA

@FIELNACENA

@FIELNACENA

Além das fotos, o PELEJA também produziu um conteúdo em vídeo sobre o assunto, veja:



O clima político de tensão e os ânimos acirrados provavelmente se estenderão por mais algum tempo, e as torcidas organizadas, em um caminho aparentemente sem volta, continuarão mostrando que sim, dá pra se discutir futebol e política.


ASSISTA

bottom of page