top of page

LEIA

7 de nov. de 2020

Esse erro no escudo do Vasco faz dele um dos mais charmosos

Esse texto faz parte da série Emblemáticos, que conta as histórias por trás dos principais símbolos futebolísticos do mundo.

por

Fernanda Lima

O ESTÁDIO MAIS H0STIL DO BRASIL SE CHAMA SÃO JANUÁRIO?
01:42
COMO ESSA TORCIDA INC3NDIOU O ESTÁDIO DO RIVAL
03:36
VOCÊ LEMBRA A HISTÓRIA DESSE TÍTULO QUASE IMPOSSÍVEL NA EURO?
04:14
POR QUE AINDA EXISTEM ESTADUAIS NO BRASIL
06:30
POR QUE ESSA ATITUDE DO KLOPP DEIXOU TODO MUNDO EMOCIONADO
03:52
ESSA TR3TA DO MESSI QUASE ACABOU COM UM SUPER TIME DO BARCELONA
04:06
QUE P#RRA TÁ ACONTECENDO COM A SELEÇÃO BRASILEIRA?
05:41
VOCÊ LEMBRA DESSAS TRETAS MARCANTES ENTRES IRMÃOS?
13:02
ESSAS SÃO AS VINGANÇAS MAIS ICÔNICAS DO FUTEBOL?
09:24
QUE P#RRA TÁ ACONTECENDO COM O SANTA CRUZ?
04:44
FOI ASSIM QUE ESSA TRANSMISSÃO ENGANOU DUAS TORCIDAS
04:37
É POR ISSO QUE O SÃO PAULO TÁ SENDO CHAMADO DE 'O MAIS POPULAR'
13:27

Muitos clubes de futebol tentam preservar suas origens de maneiras diversas: símbolos, músicas, museus, camisas comemorativas...


Essa não é uma grande questão no Vasco, clube brasileiro que carrega desde sempre, em cada detalhe, a sua história.


E Vasco da Gama parece mesmo ser um nome destinado à grandeza. O navegador português foi responsável por encontrar uma rota oceânica do seu país para a Índia, naquela que se tornou a viagem mais longa da época. O “novo território” era de grande serventia aos interesses dos exploradores portugueses, visto que produzia tecidos, pedras valiosas e outras especiarias.


PARTIDA DE VASCO DA GAMA RUMO À ÍNDIA, EM 1497. REPRODUÇÃO: NATIONAL GEOGRAPHIC

Tamanha foi a importância dele na história de Portugal que, quando o feito completou 400 anos, em 1898, mesmo período em que o clube nascia, os fundadores, em sua maioria imigrantes portugueses, decidiram homenageá-lo e colocaram seu nome na nova agremiação.


Mas as ligações com esse momento histórico não pararam por aí. As cores e os símbolos também foram pensados para homenagear a grande navegação. O preto simbolizava os mares orientais desconhecidos; o branco, presente inicialmente em uma faixa horizontal e depois diagonal, faz referência ao descobrimento da rota; a faixa foi escolhida para representar caminho, passagem.


E no meio do preto e branco, o vermelho era imponente através da famosíssima Cruz de Malta, representação da fé cristã. Mas e se te falarmos que um dos mais importantes símbolos do Vasco foi incorporado pelo clube de forma errada?


A cruz que está presente no escudo do clube não é uma Cruz de Malta, é uma Cruz Pátea. E mais, nenhuma das duas (Pátea e Malta) tem a ver com navegações e com a história portuguesa. O símbolo usado nas caravelas era a Cruz da Ordem de Cristo, a mesma vista no emblema da Seleção de Portugal.


REPRODUÇÃO: MANTOS DO FUTEBOL

CRUZ DA ORDEM DE CRISTO NA CAMISA DA SELEÇÃO PORTUGUESA. REPRODUÇÃO: GE

O erro aconteceu ainda na fundação e, como o “cruzmaltino” foi sendo cada vez mais usado para se referir ao clube, ficou praticamente impossível de corrigir. E não é só o Vasco que se confundiu com esse monte de imagens e nomes; a Seleção Brasileira também carrega a Cruz de Malta errada no seu emblema.



Em 2010, o então presidente Roberto Dinamite até tentou reparar isso de alguma maneira e autorizou o lançamento de uma camisa com a Cruz da Ordem de Cristo, a que deveria ter sido utilizada desde o começo.



CAMISA DO VASCO COM A CRUZ DA ORDEM DE CRISTO COMO ESCUDO. REPRODUÇÃO: TORCEDORES.COM

Por falar em início, em 1903, doze anos antes do futebol começar a ser praticado por lá, um escudo redondo foi lançado oficialmente como símbolo da instituição e um importante elemento foi acrescentado: a tradicional caravela apareceu.


Já na década de 20, mudanças no formato aconteceram. A primeira versão do distintivo tão conhecido hoje foi adotada, a faixa diagonal apareceu atrás da caravela, sobre o fundo preto, e o nome completo do clube deu lugar às iniciais entrelaçadas.


EVOLUÇÃO DOS ESCUDOS DO VASCO. REPRODUÇÃO: TIMETOAST

Sessenta anos mais tarde, o escudo foi remodelado e modernizado, assim como aconteceu em 2012, com apenas alguns detalhes sendo alterados.


As camisas do Vasco também costumam seguir um padrão e raramente são alteradas – ou é preta com a faixa branca, ou branca com a faixa preta. A tradição dos uniformes é tão grande que causa dúvida em muitos torcedores: afinal, qual é a camisa titular do Gigante da Colina?


Embora a preta seja a resposta, por seguir a bandeira do clube (preta com faixa branca), não é incomum ver o uniforme branco ser usado com frequência em ações institucionais e até em jogos decisivos. O Almirante, mascote oficial do Vasco que também foi escolhido por se relacionar com o comandante português, usa a camisa branca com frequência nas partidas disputadas em São Januário.


ALMIRANTE, MASCOTE DO VASCO. REPRODUÇÃO: SPORTV

A relação entre essas duas cores, assim como no início da sua trajetória na modalidade, continua tendo destaque na história vascaína.


ASSISTA

bottom of page